Eventos

Loulé promove projeto AMBIENT.ART + 2ºC a mais

09 outubro 2018

Na senda daquilo que tem sido a preocupação da Câmara Municipal de Loulé com o aquecimento global, o Município promove no mês de outubro o projeto “AMBIENT.ART + 2ºC a Mais: uma resposta às alterações climáticas”, com um conjunto de iniciativas que visam informar e sensibilizar a população para uma matéria que está na ordem do dia e que é fundamental para o futuro do Planeta.

Criado e dinamizado pelo artista plástico Miguel Petchkovsky, “AMBIENT.ART + 2ºC a Mais” é uma iniciativa inovadora que procura abordar a problemática das alterações climáticas de uma forma integrada e transversal a um conjunto de dimensões, entre o plano artístico, ambiental, científico e educacional.

Procurando estimular de forma multidisciplinar a criatividade dos participantes, o projeto é composto por diferentes iniciativas, dirigidas a diferentes públicos e faixas etárias, através das quais, de uma forma muito gráfica, irá promover-se o debate em torno destas matérias e envolver a comunidade na sua resolução.

Assim, no dia 9 de outubro, pelas 14h30, na Biblioteca Municipal de Loulé, decorre a Conferência “A arte da comunicação científica ambiental”, apresentada por Miguel Petchkovsky.

Já nos dias 10, 11 e 12 de outubro, vários artistas participam no “Workshop AMBIENT.ART + 2ºC a Mais”, que acontece no Convento Espírito Santo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h00.

Tendo como público-alvo crianças dos 6 aos 12 anos, realiza-se a 13 de outubro, das 10h00 às 12h30, na Biblioteca Municipal de Loulé, a Oficina “AMBIENT.ART + 2ºC”.

De 9 de outubro a 10 de novembro, vai estar patente ao público na Biblioteca a Exposição de fotografia de Miguel Petchkovsky sobre esta matéria.

A participação nas atividades é gratuita mas sujeita a inscrição prévia obrigatória, para loule.adapta@cm-loule.pt, até 3 de outubro. As vagas são limitadas.

“As alterações climáticas são indubitavelmente um dos desafios mais importantes do século XXI. As atuais tendências de aquecimento global são assumidamente preocupantes e as suas consequências já se fazem sentir. Na verdade, as secas, as ondas de calor, as inundações costeiras e urbanas, os fogos florestais e as precipitações intensas, entre outros dos designados eventos climáticos extremos, têm causado estragos por todo o globo mas também entre nós, com consequências tanto económicas, como sociais, ambientais e até de saúde. Por isso, seja à escala global, nacional ou local, é fundamental que todos e cada um de nós assuma a sua responsabilidade e contribua de forma ativa para a preservação do nosso Planeta”, consideram os responsáveis da Câmara Municipal de Loulé.